Sábado, 20 de Julho de 2024
11994996906
POLÍTICA OSASCO

Prefeito Lins pagou R$40 milhões para empresa ligada ao PCC

Operação Munditia do GAECO descobriu esquema para burlar licitações

23/06/2024 18h02 Atualizada há 4 semanas
Por: Redação
Prefeito Lins pagou R$40 milhões para empresa ligada ao PCC

 

A operação deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO), batizada de "Munditia", trouxe à tona um esquema entre prefeituras, câmaras e a maior facção de São Paulo, para burlar licitações e conseguir arrecadar e lavar milhões de reais para favorecer o esquema criminoso, sem levantar grandes suspeitas.

CONTRATO DE R$40 MILHÕES POR ANOS

A prefeitura contratou a empresa Mova Empreendimentos para fazer limpeza hospitalar em unidades de saúde, só que com valores totalmente superfaturados. Ou seja, uma verdadeira fortuna na casa de milhões. Sem contar que a terceirizada é alvo de centenas de denúncias na justiça do trabalho, inclusive sobre insalubridade onde segundo funcionários, era dificil ter insumos para desinfecção dos locais. Não há luvas, equipamentos de segurança ou produtos de limpeza adequados. Fatos esses que sempre foram reportados às secretarias de saúde e governo que nada faziam. 

Há denúncias de que existam mais empresas ligadas ao PCC na prefeitura, segundo fontes.

Nossa reportagem continua na investigação. 

Resta saber se Rogério Lins tirará todas empresas e ONGs que sejam ligadas ao crime organizado do goveno.

Foto

TOMA LÁ, DÁ CÁ 

Lins é um prefeito assíduo no Ministério Público. Devido a inúmeras denúncias de supostos crimes envolvendo dinheiro público. 

Há não muito tempo (mais precisamente em 2017), Rogério e as então secretarias de Comunicação, Finanças e Licitações, foram denunciadas junto ao MP por suposta fraude de licitações para favorecerem alguns "amigos" que tinham investido muito dinheiro para eleger o excelentíssimo prefeito na campanha de 2016. O que faria Lins ter que devolver todo esse dinheiro em formas de contratos com a prefeitura, algo ilegal.

A COISA FICOU AINDA MAIS PERIGOSA 

Para a prefeitura osasquense é novidade fazer negócios com o CRIME ORGANIZADO. 

Será a total decadência desse governo comandado por Rogério Lins?

Outro Lado

Nossa reportagem tentou contato com p gabinete do prefeito e Comunicação, mas até a publicação dessa postagem, não obvemos retorno.

Até a publicação dessa matéria, não obtivemos retorno.

Fonte: Ministério Público, Osasco de Oz, G1, Band News.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias